Um choque inesperado, um acidente ou uma briga com outro amigo animal ou intruso pode matar sua buceta cheia de feridas. Descubra como curá-los no começo:

O que aconteceu Os gatos brincam com qualquer coisa que encontrem em casa, por isso não é estranho que sofram todos os tipos de ferimentos em diferentes partes do corpo.

Também pode acontecer que, ao viver com outros animais em casa, alguns deles dêem uma mordida.

Como agir

Se você ver muito sangue saindo, corte o sangramento o mais rápido possível comprimindo a ferida. Apenas em casos graves, você deve praticar um torniquete entre a ferida e o coração, liberando-o a cada 10 ou 15 minutos. Mas tenha em mente que esta tarefa não será fácil, porque o gato provavelmente resistirá "com pregos e dentes". Uma vez que o sangramento é cortado, você tem que desinfectar. Primeiro de tudo, apare os cabelos ao redor da ferida para que eles não toquem nela. Em seguida, lave-a, usando gaze e peróxido de hidrogênio, de dentro para fora.

Só resta esperar que a ferida cicatrize, é claro, sem cobri-la. Se você perceber que o gato constantemente passa a língua pela ferida, coloque um reforço, ou colar elizabetano, em volta do pescoço, para evitar que ele o faça. Se a lesão afetar áreas ou órgãos sensíveis, como os olhos, cubra a ferida e vá imediatamente ao veterinário.

E quando a ferida for feita por outro gato ou por um cachorro, especialmente se for uma mordida, não se limite a lavá-la. À primeira vista, você não saberá a que distância os dentes do outro animal vieram, e não é estranho que bolsas infecciosas sejam produzidas nas camadas profundas da pele do gato. Leve-o ao veterinário: ele sabe como tratar essas feridas.

Gato Com Ferida Aberta: Como Cuidar? (Outubro 2019).