De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde Pública e da População (MSPP), as mortes causadas pelo surto de cólera no Haiti já são de 4.625, o que coloca a taxa de mortalidade em 1,9%. Por outro lado, o número de pacientes também aumentou, atualmente estimado em 245.183. Estima-se que 132.293 estão hospitalizados, enquanto cerca de 129.462 pessoas receberam alta após a recuperação da doença.

Por departamento, o mais afetado é Artibonite com 868, seguido de Grande Anse com 824, Norte com 623, Porto Príncipe com 553, Centro com 357, Oeste com 309, Nordeste com 257, Noroeste com 238, Sul e Sudeste com 228 cada um e Nippes com 140.

A população acusa os pacificadores nepaleses de introduzir a doença no país caribenho, algo que foi parcialmente confirmado pelos relatórios americanos e franceses, segundo os quais a linhagem vem do sul da Ásia. No entanto, as Nações Unidas negaram essas alegações.

Fonte: EUROPA PRESS

Surto de cólera no Haiti (Setembro 2019).