Comer uma ou duas bebidas contendo açúcar todos os dias aumenta o risco de diabetes em até 26%, e o risco de síndrome metabólica em 20%, de acordo com pesquisa da Escola de Saúde Pública de Harvard (Estados Unidos). O estudo relaciona o consumo diário dessas bebidas com a presença de hipertensão e excesso de circunferência abdominal, fatores de risco para diabetes, acidente vascular cerebral e doença arterial coronariana.

O estudo, publicado na revista 'Diabetes Care', revelou que as pessoas que tomam essas bebidas açucaradas com freqüência (incluindo crianças) também têm uma maior tendência ao excesso de peso, um dos fatores de risco associados ao diabetes, então Parece haver uma relação de causa e efeito entre o consumo desse tipo de bebida e o risco de diabetes.

O consumo deste tipo de bebida em uma base regular, e não esporadicamente ou em comemorações como aconteceu anos atrás, se espalhou nas sociedades industrializadas e é muito comum até mesmo os menores incluí-los em sua dieta diária. Especialistas acreditam que devem limitar o consumo dessas bebidas e, especialmente no caso das crianças, eliminá-las da dieta diária e consumi-las apenas excepcionalmente, uma vez que geralmente não possuem propriedades nutricionais e apenas fornecem calorias.

Estima-se que um terço da população adulta europeia sofra de excesso de peso e, destes, perto de um quarto seja obeso. Na Espanha, a prevalência de excesso de peso é de 34,4% dos adultos (11,4% da obesidade). Um fato preocupante é que, de acordo com o Estudo sobre a Prevalência de Excesso de Peso e Obesidade realizado na Espanha em 2009, 42% das pessoas com sobrepeso e 22% das pessoas obesas pensam que estão em seu "peso ideal".

Os profissionais de saúde alertam para a necessidade de impedir o avanço da obesidade o mais rápido possível, já que é um fator de risco modificável para muitas patologias (como doenças cardiovasculares e diabetes), que podem ser evitadas adotando-se alguns hábitos alimentares. saudável e exercício.

Confira Agora! 5 Hábitos que São Tão Prejudiciais Quanto Fumar! | Dicas de Saúde (Setembro 2019).