A alergia ao pólen afeta cerca de seis milhões e meio de espanhóis, dos quais 14% sofrem de rinoconjuntivite e cerca de 40% de asma, segundo dados da SEAIC. A incidência de alergias está aumentando e o perfil do paciente também mudou nos últimos anos. Segundo o presidente da Sociedade, Dr. Tomás Chivato, a contaminação e a proliferação de espécies vegetais de outros países estão por trás do aumento desse tipo de patologias na Espanha.

Ervas silvestres, como ervas daninhas, grama e ervas que crescem livremente no campo, são as principais responsáveis ​​pela alergia ao pólen em nosso país, seguida pela oliva e parietária. Estas plantas representam 20% da superfície da planta.

14% dos alérgicos sofrem de rinoconjuntivite e 40% de asma. Aparece com maior frequência em adultos, o que mostra que os fatores ambientais são decisivos

Os especialistas advertem que esta primavera será especialmente irritante para aqueles alérgicos a gramíneas, a menos que ocorram variações inesperadas do clima. E é que, de acordo com a previsão de um método, que leva em conta as chuvas dos meses de outono e inverno, elaborado por Javier Subiza, atual coordenador do comitê de aerobiologia da SEAIC, nesta primavera pode chegar a 5.100 gramas por metro cúbico de ar, quase o dobro do que em 2009.

O padrão de evolução da alergia, ou seja, como os sintomas dessa patologia variam desde o nascimento da criança até os cinco anos de idade, quando a asma se manifesta, continua a se repetir em muitas pessoas alérgicas; No entanto, um fenômeno que não estava lá antes estava ocorrendo, e que esses desconfortos também estão aparecendo em adultos, e mesmo em idosos, que anteriormente não apresentavam sintomas de alergia. Segundo o Dr. Chivato, há algumas décadas era muito incomum que a alergia se manifestasse pela primeira vez na Terceira Era. Essa mudança na incidência de alergia é prova de que, além da predisposição genética de cada indivíduo, o desenvolvimento da patologia é determinado por fatores ambientais.

Adeus vacaria= No Ceará cabra produz mais de 10 litros de leite (Outubro 2019).