Se você se sente intimidado por se relacionar com outras pessoas, você não tem confiança em si mesmo e até perde a capacidade de falar na presença de estranhos, esta notícia lhe interessa: um estudo mostrou que a ocitocina, um hormônio que atinge altos níveis durante a gravidez , parto e amamentação, e que é popularmente conhecido como hormônio do amor, tem a capacidade de aumentar a autoconfiança e retornar a pessoas mais sociáveis ​​e altruístas, facilitando sua interação com os outros.

O estudo, conduzido por um grupo de pesquisadores da Universidade Concordia de Montreal (Canadá), liderado pelo Dr. Mark Ellenbogen, consistiu na administração de ocitocina, na forma de spray nasal, ou placebo, a 100 pessoas com idade entre 18 e 35 anos. Os participantes eram homens e mulheres que não sofriam de patologias físicas ou mentais, não tomavam medicação, não eram usuários de drogas ou tabaco e, no caso das mulheres, não estavam grávidas.

Os participantes que receberam o hormônio tiveram níveis mais elevados de sociabilidade e predisposição para experimentar novas situações do que aqueles no grupo placebo

Os cientistas pediram aos participantes questionários que avaliaram sua personalidade e disposição para novas experiências, sua capacidade de se relacionar com os outros, seu nível de extroversão e sua gentileza, entre outras características, antes de lhes dar ocitocina ou placebo e repeti-los mais tarde após sua administração, aos 50, 65, 80 e 90 minutos.

Os resultados do estudo mostraram que os participantes que receberam o hormônio apresentaram níveis mais elevados de sociabilidade e predisposição para experimentar novas situações, do que os do grupo placebo. Não foram observados efeitos colaterais adversos após a administração do medicamento, exceto por uma ligeira irritação do nariz, embora não tenha sido possível verificar se seu uso continuado poderia causar algum dano.

No momento, não se sabe como a ocitocina favorece o comportamento social dos indivíduos, mas os cientistas que realizaram o estudo consideram que ela contribui com dados relevantes e que é necessário continuar investigando as aplicações médicas do hormônio, que mesmo Pode ser usado como adjuvante de outras terapias, medicamentos e psicoterapia, para tratar certos transtornos psiquiátricos, como fobia social ou depressão.

OCITOCINA A FANTÁSTICA MOLÉCULA (Setembro 2019).