No verão, as chances de adquirir uma vulvovaginite aumentam em 50%. O aumento das temperaturas e o índice de umidade no ambiente são fatores de risco que influenciam sua aparência. Com o calor, nós suamos mais e produzimos mais secreções, e isso pode alterar a flora da vagina.

O médico José Luis Neyro, ginecologista do Hospital Universitário de Cruces, em Bilbao, explica que, precisamente no verão, a vaginite é uma das principais causas de consulta na atenção primária no sul da Europa.

No verão, a vaginite é uma das principais causas de consulta na atenção primária no sul da Europa

Para evitar o surgimento dessa desordem tão irritante, os especialistas aconselham que, após o banho e sempre que possível, troque o maiô molhado por uma roupa de baixo seca, preferencialmente de algodão, que é um tecido que permite a transpiração. o maiô molhado por mais tempo que o absolutamente necessário. O mais importante é que a vulva permaneça seca.

Os probióticos vaginais também são recomendados nesses casos, pois estimulam o crescimento da flora vaginal e favorecem seu equilíbrio, graças ao seu conteúdo em lactobacilos. Esses probióticos também possuem propriedades antialérgicas e um efeito antiinflamatório, que aumenta as defesas. Probióticos vaginais estão disponíveis em formato de buffer e cápsulas.

Tome cuidado o ano todo

Embora devam ser tomadas precauções durante o verão, é aconselhável adotar diretrizes durante todo o ano para proteger a saúde da vagina:

  • Não se limpe com duchas, a menos que seu médico lhe diga para fazer isso.
  • Não use sabonetes que sejam agressivos para a vulva, pois podem deteriorar o equilíbrio da flora vaginal. Existem produtos especialmente indicados para higiene íntima, com pH adequado para essa delicada área.
  • Não use calcinetes continuamente, porque absorvem as secreções da vagina e impedem a transpiração adequada.
  • Tenha cuidado ao raspar as partes íntimas e certifique-se de que o procedimento de depilação não seja abrasivo para a pele delicada da vulva.

Se você quiser saber mais sobre como se cuidar nesse sentido, leia nosso especial sobre higiene íntima, onde você encontrará dicas e recomendações para o seu dia a dia.

Fonte: Soluções em feminino

Cardiologista fala sobre os riscos da desidratação no verão (Setembro 2019).