Antes de começar o trabalho, você tem que concordar com o treinador pessoal os objectivos a atingir. Depois, ele fará uma avaliação de sua condição física e emitirá suas recomendações. Dependendo das suas características, o técnico projetará um diretriz de exercício e irá supervisionar que eles sejam realizados corretamente. Este último ponto é muito importante, pois isso evitará lesões indesejadas.

As sessões podem ser feitas em casa particular, se você tiver o equipamento necessário ou se for uma questão de exercícios que não precisem de maquinário, ou em um ginásio, organizado pelo próprio treinador ou pelo que você costuma frequentar. Uma terceira opção é praticar qualquer esporte ao ar livre sob a supervisão do treinador.

Félix Muñoz, personal trainer há quinze anos, ressalta que "não é necessário que todas as sessões fiquem cara a cara". Na sua opinião, o habitual é acompanhar a pessoa durante três ou quatro aulas de uma hora durante a primeira semana, em que além de explicar o padrão, é monitorado que elas são realizadas corretamente e modificadas de acordo com o desenvolvimento dos exercícios. . A partir daí, é aconselhável reunir-se periodicamente com o treinador, uma ou duas vezes a cada quinze dias, ou conforme as metas estabelecidas são atingidas.

Consultoria Online com Personal Trainer - Como funciona? Vale a pena? | Tati Boing (Novembro 2019).