Michael Houghton, que descobriu o vírus da hepatite C, diz que em cerca de cinco anos a vacina para esta doença estará pronta graças aos estudos desenvolvidos desde a sua descoberta. Houghton observou recentemente que hoje cerca de 170 milhões de pessoas em todo o mundo estão infectadas com este vírus.

A descoberta do vírus da Hepatite C, há 20 anos, permitiu o desenvolvimento de testes que detectam sua presença no sangue para garantir que doações e transfusões sejam seguras.

O tratamento atualmente utilizado contra a doença atinge a cura de 50% dos pacientes e, na Europa e nos Estados Unidos, apenas 15% dos pacientes se recuperaram completamente. O novo tratamento consiste na combinação de dois medicamentos (alfainterferona e ribavirina), ainda em estudo. Se confirmado, espera-se que a taxa de cura atinja 70% e que os períodos em que o tratamento seja seguido sejam mais curtos.

Vírus da hepatite C (HCV)

Descoberto em 1989, o vírus é encontrado principalmente no fígado e no sangue. O vírus entra no corpo e, através do sangue, chega ao fígado. A resposta do corpo à infecção dos hepatócitos (células do fígado) pelo HCV produz uma inflamação do fígado chamada "hepatite aguda".

Se esta reacção inflamatória continua, começa a danificar o próprio tecido hepático, tornando-se "hepatite crónica". O principal contágio ocorre pelo contato com o sangue de uma pessoa infectada.

Hepatites Virais: Tipos, Sintomas, Causas, Tratamentos - Revista da Cidade (26/07/2017) (Setembro 2019).