Um estudo cujos resultados foram publicados na revista Revista Americana de Nutrição Clínica, mostram que homens e mulheres, a partir dos 70 anos, que bebem entre duas e três xícaras de chá verde diariamente, têm probabilidade quase 50% menor de sofrer de depressão.

O Dr. Kaijun Niu, da Escola da Universidade de Tohoku e alguns de seus companheiros de equipe, estudaram 1.058 homens e mulheres saudáveis, alguns dos quais (aproximadamente 34% dos homens e 39% das mulheres) tinham sintomas de depressão

488 participantes tomaram quatro ou mais xícaras de chá verde por dia, 284 ingeriram duas a três xícaras por dia, e o resto dos participantes só tomou um ou menos. Os pesquisadores observaram que os participantes que haviam consumido mais chá verde tiveram alívio dos sintomas de depressão, verificando se isso não está relacionado a outros parâmetros, como histórico médico, uso de antidepressivos, sexo, dieta ou status econômico.

Entre os componentes do chá verde está um aminoácido chamado L-teanina, que possui propriedades sedativas e causa uma sensação de relaxamento no cérebro, o que poderia explicar os benefícios descritos no estudo.

DEPRESSÃO! Como tratar e curar - Tiago Rocha (Setembro 2019).