40% das crianças com diabetes tipo 1 sofreram cetoacidose quando eles foram diagnosticados, de acordo com dados de uma investigação realizada pela Sociedade Espanhola de Endocrinologia Pediátrica (SEEP). A cetoacidose é uma complicação importante que ocorre devido a um déficit prolongado de insulina no organismo e que pode causar coma.

O estudo, que se baseou em mais de mil crianças de até 15 anos diagnosticadas com diabetes tipo 1 entre 2004 e 2008 em várias unidades pediátricas espanholas, mostrou que, quando a doença foi detectada, 46% das crianças os menores já apresentavam cetoacidose leve, 35% moderada e 17,7% grave.

A cetoacidose afeta principalmente as crianças mais jovens, pois 51% das pessoas com menos de cinco anos e 69% das crianças com menos de dois anos apresentavam cetoacidose quando foram diagnosticadas com diabetes, percentual significativamente maior do que em outras idades. .

Sintomas de diabetes em crianças

O diagnóstico tardio de diabetes tipo 1 em crianças está relacionado ao fato de ser mais complicado detectar diabetes em crianças, pois elas apresentam sintomas menos específicos. Por isso, o especialista explica que os pais devem estar atentos quando as crianças apresentam sinais como sede intensa, que precisam urinar com frequência, que perdem peso sem razão aparente ou que estão cansados ​​sem nada para justificá-lo. Às vezes, vômito ou dor no abdome também aparecem.

Nestes casos, é importante realizar um teste de glicose no sangue da criança - o que é possível nos centros de saúde e em certas farmácias - e, se um alto nível for confirmado, ir imediatamente ao médico.

Se o diabetes tipo 1 for diagnosticado precocemente, as complicações podem ser evitadas, como a cetoacidose, que com o tratamento adequado desaparece em questão de horas.

Especialistas alertam que casos de diabetes tipo 1 aumentaram na Espanha na última década, e isso afeta cerca de 4% das crianças menores de 15 anos e 5% das crianças menores de cinco anos. O pior é que as previsões são muito negativas, pois estima-se que em 2020 o número de novos casos se multiplique, especialmente nos pequenos com menos de três anos.

♥️ Dicas para conviver bem com a Diabetes: (Outubro 2019).