Uma investigação realizada por um grupo de cientistas da Universidade de Chicago, nos Estados Unidos, revelou que comer chocolate ou beber água desencadeia uma área do cérebro que é responsável por aliviar a dor naturalmente, agindo como um analgésico forte

Para realizar o experimento, os autores do estudo forneceram biscoitos de chocolate, água adoçada ou água pura para um grupo de ratos. Enquanto comiam, uma lâmpada foi acesa no chão da gaiola que a aqueceu, fazendo com que os animais levantassem rapidamente as pernas do chão. Eles observaram, no entanto, que enquanto os ratos comiam ou bebiam, eles reagiam mais lentamente ao estímulo do calor.

Os pesquisadores então repetiram o teste, mas usando quinino, uma bebida amarga, desagradável para os animais. Neste caso, eles reagiram como quando não comeram, levantando as pernas rapidamente.

Os resultados do estudo mostraram que quando os animais ingerem um alimento açucarado ou uma bebida de seu gosto, eles produzem uma quantidade menor de glicocorticoides, um hormônio que secreta o cérebro, cuja função é aumentar o nível de glicose no sangue, e que o organismo gera para responder a uma situação de estresse.

Os autores do trabalho acreditam que a ingestão desses alimentos poderia produzir o mesmo efeito em seres humanos, uma vez que foi provado que se um bebê é dado uma bebida com açúcar antes de picá-lo para dar-lhe uma vacina, por exemplo, ele percebe com menos intensidade a dor.

Dr. Salim: os perigos de tomar calmante para dormir (Setembro 2019).