A acne é uma condição da pele que é causada por múltiplas causas, e cuja aparência é influenciada por vários fatores, tanto fisiológicos quanto emocionais, de modo que os especialistas recomendam que seu tratamento seja personalizado de acordo com as características do paciente.

Em relação à relação que pode ocorrer com a aparência ou exacerbação da acne com os hábitos alimentares dos afetados, o chocolate tem sido frequentemente responsabilizado por esse transtorno, ou alimentos gordurosos, como o chouriço, sem que especialistas concordem com a influência dieta real

O novo estudo revela que alimentos com alto índice glicêmico e produtos lácteos influenciam a aparência e o agravamento da acne

Agora, no entanto, um novo estudo que acaba de ser publicado no Jornal da Academia de Nutrição e Dietética, aponta que há evidências da relação entre o tipo de alimento e acne e, em particular, que o consumo de alimentos com Carga glicêmica alta, como açúcar, chocolate e gorduras, bem como produtos lácteos, influencia a gravidade com que esta alteração da pele.

Os autores do estudo revisaram vários trabalhos científicos com o objetivo de estabelecer as bases para um melhor tratamento da acne, uma vez que é um distúrbio que afeta não menos de 80% dos adolescentes entre 12 e 18 anos de idade, e que causa problemas de autoestima, depressão e isolamento social.

Após a análise de vários estudos realizados entre 1960 e 2012, os pesquisadores concluíram que produtos lácteos e alimentos com alto índice glicêmico influenciam o aparecimento de acne e, acima de tudo, seu agravamento e, portanto, recomendam que as diretrizes dietéticas estão incluídas na terapia da acne para torná-la mais eficaz.

SUPLEMENTAÇÃO COM DR. LAIR RIBEIRO (Setembro 2019).